Governo federal anuncia que vai dividir o lucro do FGTS de 2016

O governo federal anunciou que os lucros obtidos pelo FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) em 2016 serão divididos. Esta decisão foi baseada na Medida Provisória 763/2016 que também autorizou o saque das contas inativas do FGTS.

É um crédito a mais para o trabalhador, mas desta vez não será possível sacar o valor automaticamente, com exceção para quem já se enquadra nesta exigência, como aposentadoria, doença ou demissão sem justa causa.

O governo estima que o lucro líquido seja aproximadamente R$ 15 bilhões, sendo que a metade deste valor deve ser distribuída, cerca de R$ 7,5 bilhões. Os depósitos nas contas estão previstos para até o dia 31 de agosto de 2017.

Tem direito a receber o crédito todos os trabalhadores que tinham saldo em contas inativas ou ativas em 31 de dezembro de 2016 e segundo informou o Ministério Público do Trabalho e Emprego (MTE), cerca de 259.634,057 contas receberão os valores do lucro.

Mesmo que já sacou o dinheiro da conta inativa tem direito a receber o crédito que está previsto para ser depositado até o dia 31 de agosto, mas pode ser alterado conforme informou o MTE.  O saldo atual do FGTS pode ser consultado no Portal do Fundo.