Dicas e informações para o Imposto de Renda 2017

A Receita Federal disponibilizou o programa para gerar a Declaração do Imposto de Renda 2017 para Pessoa Física (IRPF), ano base 2016, e pode ser baixado no Portal da Receita. A Declaração pode ser enviada entre os dias 2 de março a 28 de abril de 2017.

O contribuinte que perder este prazo ficará sujeito a multa mínima de R$ 165,74 podendo chegar ao valor máximo de 20% do valor devido.

Estão obrigados a entregar a Declaração do Imposto de Renda 2017 nas seguintes situações: Renda – quem recebeu acima de R$ 28.559,70, Ganho de Capita ou operações na bolsa: quem obteve ganho de capital na alienação de bens ou direitos, ou operações em bolsas de valores que estão sujeitos à tributação, Atividade Rural:  teve renda maior que R$ 142.798,50, Bens ou Direitos: Teve posse ou propriedade de bens ou direitos acima de R$ 300.000,00, Condição de Residente no Brasil: passou a condição de residente no Brasil até 31 de dezembro de 2016.

Este ano a Declaração do Imposto de Renda 2017 apresenta algumas novidades entre elas está a atualização automática, ou seja, não é necessário baixar o software novamente da receita, a entrega da declaração que era feita antes pela Receitanet foi incorporada não sendo mais necessário o envio separado, a recuperação de nomes agora é possível para um CNPJ/CPF, remodelação das fichas de rendimentos isentos e não tributáveis e rendimentos sujeitos à tributação exclusiva/definitiva e por último a solicitação a inclusão de informações de e-mail e celular.

O cronograma de restituições do Imposto de Renda 2017 continua em 7 lotes, sendo o primeiro em 16 de junho, segundo em 17 de julho, terceiro em 15 de agosto, quarto em 15 de setembro, quinto em 16 de outubro, sexto em 16 de novembro e o sétimo em 15 de dezembro.

Fonte: idg.receita.fazenda.gov.br